Bahia na Política por Jair Onofre
 

 
 
 

Você confia no sistema eleitoral do Brasil?



Parcial
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
 
Enviado por Jair Onofre - 31.10.2022 17:00h
Senado Federal

Senado terá esforço concentrado em novembro

 

O Senado fará em novembro um esforço concentrado presencial para esgotar pautas que ficaram pendentes antes das eleições. Entre as prioridades estão projetos que tratam das fontes de custeio para o pagamento do piso da enfermagem e também indicações de autoridades como embaixadores, diretores de agências e ministros de tribunais superiores. As indicações devem ser analisadas ainda em novembro, em data a ser definida. (Foto ilustração)

— Há projetos que são importantes para fonte de custeio do piso nacional da enfermagem. Já aprovamos alguns e esse é um tema que de maneira muito prioritária nós vamos lidar desde já. Há também a questão relativa à Lei Aldir Blanc [Lei 14.017, de 2020] e à Lei Paulo Gustavo [Lei Complementar 195, de 2022], que sofrem interferência de uma medida provisória, e nós precisamos encontrar a solução para aplicação desse auxílio à área da cultura no Brasil, e há o [novo] Código Eleitoral [PLP 112/2021], que não foi possível votar antes das eleições — disse no domingo (30) o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco.

Segundo Pacheco, a intenção é submeter todos esses temas ao colégio de líderes para que os partidos possam indicar suas prioridades na definição dessa pauta. Apesar do tempo escasso até o fim do ano, ele disse que pretende produzir o máximo para que o Senad...

Continue lendo »

 
Comente Sem Comentários
 
 
Enviado por Jair Onofre - 31.10.2022 16:00h
Justiça Eleitoral

TSE indefere candidatura de Pablo Marçal (Pros); vaga passa a ser ocupada por Paulo Teixeira (PT)

 

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Ricardo Lewandowski negou o registro de candidatura de Pablo Marçal (Pros) a deputado federal. Com a decisão, o deputado Paulo Teixeira (PT-SP-Foto) está reeleito.

No final de setembro, Marçal teve seu pedido de registro de candidatura rejeitado pelo Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) devido à falta de documentos, e pôde concorrer sub judice, situação em que sua votação (243.037 votos) não foi considerada para a definição dos eleitos.

Decisão posterior da corte paulista, deferiu a candidatura e Pablo Marçal passou a figurar entre os eleitos e Teixeira saiu da condição de "eleito" para a de 1º suplente.
A candidatura de Pablo Marçal segue indeferida até a apreciação do mérito da ação ou do julgamento dos recursos especiais apresentados ao TSE. (Agência Câmara)

 
Comente Sem Comentários
 
 
Enviado por Jair Onofre - 31.10.2022 15:00h
Confederação Nacional da Indústria

CNI propõe diálogo com novo governo para retomada de investimento

 

A economia de baixo carbono e a retomada do crescimento e do investimento serão os desafios do próximo governo, na avaliação da CNI (Confederação Nacional da Indústria), que propõe o diálogo com o presidente eleito da República, Luiz Inácio Lula da Silva, para a construção de uma estratégia de inovação e tecnologia. (Foto ilustração)

Para a entidade, os próximos quatro anos exigem "união e diálogo" entre setores público e privado e também a sociedade na chamada agenda do clima. A CNI defende ainda que o novo governo acelere o programa de reformas, principalmente o tributária.

"Muitos dos problemas econômicos e sociais são antigos. Seus diagnósticos e soluções já foram exaustivamente discutidos. Precisamos, agora, concentrar esforços no enfrentamento dessas questões. Por isso, seguindo o exemplo dos países mais desenvolvidos, defendemos a adoção de uma visão de nação de longo prazo, que tenha como objetivos centrais a inovação, os ganhos de produtividade e a maior inserção da economia brasileira no concorrido mercado internacional", avalia o presidente da CNI, Robson Braga de Andrade.

A confederação já entregou 21 documentos à campanha de Lula sobre tributos, inovação e sustentabilidade, com foco na Indústria 4.0 e na descarbonização...

Continue lendo »

 
Comente Sem Comentários
 
 
Enviado por Jair Onofre - 31.10.2022 14:30h
Desdobramentos da eleição presidencial

Lula recebe presidente da Argentina, Alberto Fernández, em São Paulo

 

O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) recebeu nesta segunda-feira (31) o presidente da Argentina, Alberto Fernández, em um almoço em São Paulo. (Foto ilustração)

Lula obteve a vitória após uma disputa acirrada no segundo turno das eleições realizado no domingo (30). O presidente Jair Bolsonaro (PL) ainda não se pronunciou sobre a derrota no pleito

Na tarde desta segunda, o perfil oficial de Fernández no Twitter publicou um vídeo do encontro com Lula e manifestou ao petista “amor, admiração e respeito”. “Temos um futuro que nos abraça e nos convoca”, disse.

O resultado da eleição brasileira foi celebrado pelo peronismo governante na Argentina, devido a uma maior afinidade política com Lula do que com Bolsonaro, com quem Fernández mantém uma relação tensa.

Mais cedo, também nesta segunda, Fernández manifestou “carinho e apreço” por Lula. “Tenho um carinho e um apreço enorme pelo Lula e quero dar-lhe o abraço que ele merece. Ele é um bom homem, um líder na região”, disse.

Na noite de domingo, pouco depois da confirmação da vitória, o presidente argentino já havia publicado uma mensagem ao petista. “Parabéns @LulaOficial! Sua vitória abre um novo tempo na história da América Latina. Um tempo d...

Continue lendo »

 
Comente Sem Comentários
 
 
Enviado por Jair Onofre - 31.10.2022 13:30h
Feira de Santana

Mais de 30 mil pessoas imunizadas contra meningite em Feira

 

A vacinação contra a meningite segue disponível em todas as unidades de saúde para pessoas entre 1 e 19 anos de idade, além de trabalhadores da saúde com até 55 anos em Feira de Santana. Este ano, entre janeiro e outubro, 31.422 pessoas foram vacinadas contra a doença. Os dados são da Secretaria Municipal de Saúde. (Foto ilustração)

Para receber o imunizante, é necessário apresentar os documentos de identidade, cartão SUS e a caderneta de vacinação. No município são 104 salas de vacina, localizadas na zona urbana e rural.

É importante destacar que as unidades vinculadas ao programa Saúde na Hora, têm funcionamento ampliado das 8h às 21h. São elas: Campo Limpo I, V e VI; Liberdade I, II e III; Queimadinha I, II e III; Parque Ipê I, II e III; Videiras I, II e III; Rua Nova II, III e Barroquinha.

Sobre a doença

A meningite geralmente é causada por uma infecção viral das membranas que envolvem o cérebro, mas a doença também pode ter origem bacteriana ou fúngica. Dentre os sintomas mais comuns, estão dor de cabeça e febre. É uma doença grave e contagiosa, capaz de provocar sequelas e até mesmo a morte. (Secom)

 
Comente Sem Comentários
 
 
Enviado por Jair Onofre - 31.10.2022 12:50h
Eleições 2022

Quem não votou no segundo turno tem até 9 de janeiro para justificar

 

O eleitor que não compareceu às urnas ontem (30), no segundo turno das eleições gerais, tem 60 dias para justificar a ausência e assim não ficar em situação irregular junto à Justiça Eleitoral. (Foto ilustração)

Quem não vota e não justifica fica sem poder emitir o certificado de quitação eleitoral e pode ficar impedido de emitir documentos de identidade ou passaporte, entre outras limitações. Isso ocorre porque o voto é obrigatório no Brasil, para quem tem entre 18 e 70 anos.

Para ficar quite com a Justiça Eleitoral é preciso ter votado em todas as eleições passadas ou justificado as ausências. O eleitor também não pode ter deixado de atender aos chamados para trabalhar como mesário. Caso esteja irregular, é necessário regularizar a situação por meio do pagamento de multas, por exemplo.

Cada turno de votação é contabilizado como uma eleição independente pela Justiça Eleitoral. No caso do primeiro turno das eleições deste ano, quem não votou tem até 1º de dezembro para justificar a ausência.

Existem três formas de justificar a ausência às urnas: pelo aplicativo e-Título; pelo Sistema Justifica, nos portais da Justiça Eleitoral; ou preenchendo um formulário de justificativa eleitoral.

Ca...

Continue lendo »

 
Comente Sem Comentários
 
 
Enviado por Jair Onofre - 31.10.2022 11:37h
Feira de Santana

Uefs publica edital para contratação temporária

 

A Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) divulgou editais de Processo Seletivo Simplificado para contratação de servidores por tempo determinado, em Regime Especial de Direito Administrativo (Reda). Estão sendo oferecidas uma vaga para auxiliar administrativo/motorista, uma para técnico de nível médio lactarista, duas para técnico de nível superior para a área de arquivologia e outras duas para a área de antropologia.

As inscrições podem ser feitas entre os dias 1º e 18 de novembro através do site. As dúvidas referentes ao certame devem ser direcionadas, exclusivamente, para o e-mail selecaoreda@uefs.br. (Ascom - Foto Reprodução) 

 
Comente Sem Comentários
 
 
Enviado por Jair Onofre - 31.10.2022 11:27h
Supremo Tribunal Federal

Lula indicará dois ministros para o STF

 

Duas vagas serão abertas no Supremo Tribunal Federal (STF) em 2023. Os ministros Rosa Weber e Ricardo Lewandowski se aposentam e, com isso, o presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) terá direito a indicar dois magistrados para a Corte.

Lewandowski se aposentará em 11 de maio e, Weber, no dia 2 de outubro. Ambos completam 75 anos nas datas, idade da aposentadoria obrigatório dos ministros do STF.

Na atual composição do STF, 3 ministros foram indicados por Lula: Dias Toffoli, Cármen Lúcia e Ricardo Lewandowski. Já o atual presidente Jair Bolsonaro (PL) indicou Nunes Marques e André Mendonça.

Dilma Rousseff (PT) indicou Rosa Weber, Luiz Fux, Edson Fachin e Roberto Barroso. Gilmar Mendes foi indicado por Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e Alexandre de Moraes por Michel Temer (MDB). (Bahia.ba - Foto Ag Brasil)

 
Comente Sem Comentários
 
 
Enviado por Jair Onofre - 31.10.2022 11:00h
Brasil

Agricultura familiar terá novo cadastro a partir desta terça-feira

 
Foto Valter Campanato - Ag Brasil

A partir de amanhã (1º/11), o acesso a ações, programas e políticas públicas voltadas para a geração de renda e fortalecimento da agricultura familiar deverá ser feito exclusivamente via Cadastro Nacional da Agricultura Familiar (CAF).

A ferramenta foi adotada para identificar e qualificar as unidades familiares de Produção Agrária (UFPA) da agricultura familiar, bem como empreendimentos familiares rurais e formas associativas de organização da agricultura familiar.

Segundo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), a mudança decorre do fim do prazo do prazo de emissão da Declaração de Aptidão ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (DAP/Pronaf), que se encerra hoje (31).

Com a mudança, o CAF será a principal ferramenta do agricultor familiar para acesso aos programas federais, sendo utilizado, inclusive, para verificação da aposentadoria rural.

“Desde 2 de janeiro deste ano, o CAF já estava substituindo gradativamente a DAP/Pronaf, que deixará de ser emitida. As DAPs continuarão válidas até o fim da sua vigência, não sendo necessário que o beneficiário se antecipe ao fim da vigência de sua DAP”, informou a pasta.

Ainda segundo o Mapa, apenas os agricultores que não têm a DAP ativa precisarão buscar, a partir de 1º de novembr...

Continue lendo »

 
Comente Sem Comentários
 
 
Enviado por Jair Onofre - 31.10.2022 10:50h
Deu ruim

Após derrota, Michelle deixa de seguir Jair e Carlos Bolsonaro em redes sociais

 

A derrota de Jair Bolsonaro (PL) na disputa eleitoral pode estar refletindo nas redes sociais do presidente e sua família. Na manhã desta segunda-feira (31) o perfil oficial do presidente no Instagram já não seguia sua esposa Michelle, que também deu unfollow no presidente.

Além dos unfollows trocados pelo casal, Michelle e Carlos Bolsonaro também pararam de se seguir na rede social. No momento, Michelle ainda segue os enteados Flávio e Eduardo, além de Heloisa, esposa de Eduardo.

Nas redes sociais, os internautas começaram a comentar o assunto e publicar memes sobre a situação. Bolsonaro ainda não se pronunciou desde sua derrota para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). (Bahia Notícias - Foto Reprodução) 

 
Comente Sem Comentários
 
 
Enviado por Jair Onofre - 31.10.2022 10:31h
Feira de Santana

Câmara Municipal: Quatro projetos na ordem do dia desta terça-feira (1º)

 


A ordem do dia desta terça-feira (1º), na Câmara Municipal de Feira de Santana, tem quatro projetos para serem discutidos e votados, sendo um deles, em segunda discussão, que torna obrigatória a presença de temporizadores em semáforos. Em primeira discussão, os destaques vão para dois projetos que beneficiam as mulheres. O primeiro cria um “Dossiê das Mulheres em Feira de Santana”, é de autoria do vereador Jhonatas Monteiro (PSOL) e tem parecer contrário da CCJ, e o segundo cria o programa “Maria da Penha Vai à Escola”, de autoria de Lulinha (UB), que tem como objetivo conscientizar estudantes da importância do combate a violência contra mulher, além de informar a respeito da Lei Maria da Penha.

Ainda na pauta serão votados três requerimentos de autoria dos vereadores Galeguinho (PSB), Professor Ivamberg (PT) e um outro de diversos autores. (Daniela Oliveira - Foto Reprodução)
 

 
Comente Sem Comentários
 
 
Enviado por Jair Onofre - 31.10.2022 10:22h
Economia

Projeção da inflação para 2022 varia de 5,60% para 5,61%

 

A previsão do mercado financeiro para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), considerada a inflação oficial do país, teve variação positiva de 5,60% para 5,61% para este ano. É a primeira elevação na projeção, após 17 semanas de redução consecutiva.

A estimativa consta do Boletim Focus de hoje (31), pesquisa divulgada semanalmente pelo Banco Central (BC), em Brasília, com a expectativa de instituições financeiras para os principais indicadores econômicos.

Para 2023, a projeção da inflação ficou em 4,94%. Para 2024 e 2025, as previsões são de inflação em 3,50% e 3%, respectivamente.

A estimativa para 2022 está acima do teto da meta de inflação que deve ser perseguida pelo BC. A meta, definida pelo Conselho Monetário Nacional, é de 3,5% para este ano, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo. Ou seja, o limite inferior é 2% e o superior 5%.

Em setembro, houve deflação de 0,29%, o terceiro mês seguido de queda no indicador. Com o resultado, o IPCA acumula alta de 4,09% no ano e 7,17% em 12 meses, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Taxa de juros

Para alcançar a meta de inflação, o Banco Central usa como principal instrum...

Continue lendo »

 
Comente Sem Comentários
 
 
Enviado por Jair Onofre - 31.10.2022 10:10h
Moeda norte-americana

Dólar abre sessão em alta, salta para R$ 5,35 após vitória de Lula nas eleições

 

O dólar abriu em forte alta frente ao real nesta segunda-feira, numa reação inicial negativa dos mercados à vitória do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nas eleições presidenciais de domingo, embora o desfecho já fosse esperado por grande parte dos mercados financeiros. (Foto ilustração)

A sessão promete ser volátil, tanto pela repercussão do resultado eleitoral quanto por fatores técnicos, em dia de formação da Ptax de fim de mês --uma taxa de câmbio calculada pelo Banco Central que é usada como referência para operações financeiras.

Às 9:10 (de Brasília), o dólar à vista avançava 1,02%, a 5,3565 reais na venda. Imediatamente após a abertura do pregão, a moeda chego a saltar 2%, a 5,4088 reais na venda.

Na B3, às 9:10 (de Brasília), o contrato de dólar futuro de primeiro vencimento subia 0,95%, a 5,3525 reais.

A moeda norte-americana fechou a última sessão com variação negativa de 0,01%, a 5,3023 reais na venda.

O BC fará nesta sessão leilão de até 16 mil contratos de swap cambial tradicional para fins de rolagem do vencimento de 1° de dezembro de 2022. (Por Luana Maria Benedito/reuteres)

 
Comente Sem Comentários
 
 
Enviado por Jair Onofre - 31.10.2022 10:07h
Após eleições 2022

PT e União Brasil lideram entre partidos com mais governadores eleitos

 

PT e União Brasil lideram o ranking dos partidos com mais governadores eleitos nas eleições de 2022. Cada legenda conseguiu a chefia de quatro estados. Os quatro estados governados pelo PT são do Nordeste: Bahia, Ceará, Piauí e Rio Grande do Norte, os mesmos que já eram governados pelo partido.

O União Brasil conquistou um estado a mais em comparação a 2018 e passará a governar a partir de 2023: Amazonas, Goiás, Mato Grosso e Rondônia. Em seguida na lista, vêm PSDB, MDB e PSB, com três estados cada um. Em crise e rachados na disputa deste ano, os tucanos reverteram os cenários do primeiro turno e conquistou três governos: Mato Grosso do Sul, Pernambuco e Rio Grande do Sul. PSB ganhou no Maranhão no primeiro turno e na Paraíba e no Espírito Santo na eleição de hoje, com dois reeleitos. Já o MDB havia vencido no Distrito Federal e no Pará e neste domingo acrescentou Alagoas na sua lista. Neste ano, houve uma distribuição menor de governadores eleitos por partido, o que pode ser explicado pela união do DEM com o PSL em 2021, formando o União Brasil. Solidariedade e Novo preenchem as últimas posições, com apenas um governador eleito cada um.

Veja a lista completa de governadores por partido:

PT - 4

União Brasil - 4

PSDB - 3

MDB - 3

PSB - 3

Continue lendo »

 
Comente Sem Comentários
 
 
Enviado por Jair Onofre - 31.10.2022 09:57h
Preservação ambiental

Principal doador de fundo para a Amazônia, Noruega retomará ajuda após vitória de Lula

 

A Noruega retomará a ajuda financeira contra o desmatamento da Amazônia no Brasil, congelada durante a presidência de Jair Bolsonaro, anunciou nesta segunda-feira (31) o ministro norueguês do Meio Ambiente após a vitória de Luiz Inácio Lula da Silva na eleição presidencial brasileira.

"Em relação a Lula, nós observamos que, durante a campanha, ele enfatizou a preservação da floresta amazônica e a proteção dos povos indígenas da Amazônia", disse Espen Barth Eide. "Por isso estamos ansiosos para entrar em contato com suas equipes, o mais rápido possível, para preparar a retomada da colaboração historicamente positiva entre Brasil e Noruega", acrescentou.

O país escandinavo, principal fornecedor de recursos para a proteção da floresta amazônica, suspendeu a ajuda ao Brasil em 2019, ano em que Bolsonaro assumiu a presidência.

Durante o governo do líder de extrema-direita, o desmatamento na Amazônia brasileira aumentou 70%, um índice "escandaloso" nas palavras de Barth Eide, que disse que seu país entrou em um "confronto frontal" com Bolsonaro sobre a questão.

De acordo com o ministro, 5 bilhões de coroas norueguesas (cerca de R$ 2,5 bilhões) aguardam para serem utilizados no fundo de preservação da floresta amazônica.

Lula, afirmou no domingo (30), a...

Continue lendo »

 
Comente Sem Comentários
 
Enviado por Jair Onofre - 31.10.2022 09:29h
Dever democrático

Ciro Gomes: "Desejo ao presidente eleito toda a felicidade"

 

O ex-candidato Ciro Gomes (PDT), quarto lugar nas eleições presidenciais deste ano, utilizou as redes sociais após o resultado do segundo turno, neste domingo (30), para parabenizar Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pela vitória.

“Cumprindo o saudável dever democrático, quero cumprimentar o presidente Luiz Inácio Lula da Silva por sua vitória nas eleições recém apuradas. Desejo ao presidente eleito toda a felicidade na honrosa missão a si concedida pela maioria de nosso povo brasileiro”, escreveu o pedetista.

Mais cedo, durante uma conversa com a imprensa realizada após comparecer às urnas, Ciro afirmou que seguiu a orientação do PDT e votou em Lula. “Como eu sempre faço. Tenho um grande respeito e gratidão pelo PDT, especialmente por Carlos Lupi (presidente da sigla), e segui a orientação do partido”, afirmou.

Ainda durante a entrevista, Ciro explicou o motivo de ter se ausentado da campanha do segundo turno. “Foi uma decisão minha, embora eu tenha feito uma declaração, na reunião do partido, eu apoiei a decisão do partido e em seguida gravei um depoimento. Agora, eu tenho um dever de coerência com a minha vida, com o que eu falei, com o que eu penso e com as minhas preocupações”.

Com 100% das urnas apuradas, Lula (PT) obteve 60.345.999 votos válidos (50,90% do total). O atual presidente e candidato a reeleição Jair Bolsonaro ...

Continue lendo »

 
Comente Sem Comentários
 
Enviado por Jair Onofre - 31.10.2022 09:27h
Eleito deputado federal pelo Paraná

Deltan, após vitória de Lula: "Maioria fez sua escolha"

 

Eleito deputado federal pelo Paraná, Deltan Dallagnol (Podemos-Foto) comentou nas redes sociais a vitória de Lula (PT) sobre Jair Bolsonaro (PL) na corrida presidencial. Em uma sequência de tuítes, o ex-procurador afirmou que a “maioria fez sua escolha” e que o triunfo do petista representa um “retrocesso moral e econômico”.

Ainda nas mensagens, Deltan (foto), que declarou apoio a Bolsonaro no segundo turno, falou em fazer uma “oposição qualificada” ao novo governo.

“A maioria fez sua escolha. Compartilho da indignação de milhões de brasileiros com a eleição de um condenado por corrupção. A eleição de quem discordamos é da democracia, e é pelos canais democráticos que seguiremos lutando com força e fé por um Brasil melhor”, afirmou o ex-procurador na noite desse domingo (30).

“Não existe democracia sem oposição. Lula é um retrocesso moral e econômico. Farei no Congresso oposição qualificada ao projeto de dominação e perpetuação no poder do PT. Defenderei o cumprimento da lei, políticas públicas com base em evidências e os valores cristãos”, acrescentou.

“Lula e o PT já nos perseguiram e prometeram mais vingança no futuro. Precisarei mais do que nunca do apoio de vocês para defender nossas causas no Congresso. Buscaremos juntos justi&c...

Continue lendo »

 
Comente Sem Comentários
 
Enviado por Jair Onofre - 31.10.2022 09:11h
Candidato derrotado

Bolsonaro se isola e não reconhece derrota para Lula

 
Foto Marcus Correa

Após a derrota nas urnas nas eleições presidenciais deste domingo (30) , o atual chefe do Executivo, Jair Bolsonaro (PL), ainda não se pronunciou sobre o resultado da disputa, e sequer cumprimentou o presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva ( PT ), mantendo o silêncio.

A vitória Lula nas eleições provocou a primeira derrota política do mandatário em sua carreira e interrompe uma trajetória de 33 anos na vida pública . Bolsonaro obteve 57 milhões de votos (49,1%), enquanto o petista teve mais de 59 milhões de votos (50,8%).

Inacessível até para os aliados, o presidente se mantém isolado no Palácio do Alvorada, em Brasília, até amanhã desta segunda-feira (31). O mandatário, que se mantinha confiante na vitória, recusou, inclusive, a receber ministros, parlamentares e pastores após o resultado do pleito.

O assessor do gabinete pessoal dele no Palácio do Planalto, José Vicente Santini, e o publicitário da campanha Sérgio Lima tentaram se encontrar com o chefe do Executivo, mas receberam uma negativa e não foram recebidos. O mesmo ocorreu com os ministros Ciro Nogueira (Casa Civil) Fábio Faria (Comunicações) e Adolfo Saschida (Minas e Energia).

Após a divulgação do resultado oficial um comboio de carros voltou, às 21 horas, para o Palácio Alvorada e a bandeira do Brasil foi asteada, o que sinalizava que o presidente tin...

Continue lendo »

 
Comente Sem Comentários
 
Enviado por Jair Onofre - 31.10.2022 09:00h
Mercado de Capitais

Ações do Brasil caem no exterior após vitória de Lula; Petrobras registrou perda de 10%

 

 As ações do Brasil listadas no exterior recuavam no início do pregão desta segunda-feira depois que Luiz Inácio Lula da Silva (PT) derrotou o candidato à reeleição Jair Bolsonaro (PL) no segundo turno da disputa presidencial, no domingo. (Foto ilustração)

Os papéis da Petrobras listados nos Estados Unidos sofriam algumas das maiores perdas, com queda de mais de 10% nas negociações de pré-abertura, enquanto o Banco Bradesco SA perdia 5%, o mesmo do iShares MSCI Brazil ETF.

No cenário local, a reação dos ativos locais à vitória de Lula deve ser negativa, mas ainda condicionada ao cenário externo, diante da preferência do mercado à agenda de Bolsonaro e da falta de informações sobre os pilares econômicos do novo governo. (Reportagem de Karin Strohecker/Reuteres)

 
Comente Sem Comentários
 
Enviado por Jair Onofre - 31.10.2022 08:41h
Ex-ministro da Saúde

Mandetta manda indireta para Bolsonaro após vitória de Lula

 

O ex-ministro da saúde, Henrique Mandetta (União Brasil), publicou uma indireta para o presidente Jair Bolsonaro (PL), após o candidato à reeleição perder as eleições para Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no segundo turno. No Instagram, o médico postou uma foto do medicamento Hidroxicloroquina, apoiado pelo presidente durante a pandemia de covid-19 mesmo sem comprovação científica de sua eficácia para a doença. (Foto ilustração) Em abril de 2020, Mandetta anunciou o pedido de demissão do cargo, que ocupava desde o início do mandato de Bolsonaro. Em meio a crise sanitária no País, ele alegou ter saído do ministério por causa de divergências entre as decisões do governo e as orientações dos órgãos mundiais competentes. E os dois se tornaram desafetos desde então.

No Twitter, o ex-ministro já tinha alfinetado Bolsonaro, exaltando a veracidade das urnas eletrônicas e parabenizando a vitória de Lula.

"Parabéns ao Lula, eleito pelo povo brasileiro. Vida longa à democracia. Viva às urnas eletrônicas. Viva ao respeito à vida", escreveu o ex-ministro.

Nesta eleição, Mandetta ficou na segunda colocação para o Senado Federal do Mato Grosso do Sul com 15,46% dos votos válidos. Com o resultado, acabou ficando sem o cargo, que ficou com a ex-ministra da Agricultura e Pecuária Teresa Cristina (PL). (terr...

Continue lendo »

 
Comente Sem Comentários
 
Enviado por Jair Onofre - 31.10.2022 08:36h
Política

Presidente da Argentina visita Lula nesta segunda, em 1º encontro internacional de eleito

 

O presidente argentino, Alberto Fernández, fará uma visita-relâmpago a São Paulo nesta segunda-feira (31), para se encontrar com Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que venceu Jair Bolsonaro (PL) no segundo turno neste domingo (30) e voltará à chefia de governo no Brasil em janeiro.

A informação, inicialmente divulgada pelo jornal O Globo, foi confirmada pela Folha com fontes da chancelaria de Buenos Aires. A viagem tem peso político relevante para um Fernández em crise e de certa forma marca uma tentativa de resgatar uma tradição diplomática entre os dois países —o líder recém-empossado de um usualmente visita, antes de qualquer outro mandatário, o do outro.

Também encontra ecos em 2015, quando Mauricio Macri, eleito havia menos de duas semanas ao derrotar um candidato aliado dos petistas, se encontrou com a brasileira Dilma Rousseff em Brasília, reforçando o papel estratégico da relação.

Depois de se eleger, porém, Bolsonaro optou por fazer sua primeira viagem internacional como presidente ao Chile, à época governado pelo direitista Sebastián Piñera.

As relações de Brasília e Buenos Aires não se encontram em seu melhor momento. O atual presidente brasileiro não compareceu à posse de Fernández em 2019 —padrão que se repetiria em outros resultados eleitorais favoráveis à esquerda na região— ...

Continue lendo »

 
Comente Sem Comentários
 
Enviado por Jair Onofre - 31.10.2022 08:30h
Eleição presidencial

Bolsonaro é o primeiro presidente a perder uma reeleição desde 1998

 

Com a vitória de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o presidente Jair Bolsonaro (PL-Foto) se tornou o primeiro presidente que não conseguiu se reeleger desde 1998, quando passou a valer a regra para a reeleição do executivo do país. Até este domingo (30), todos os presidentes que estavam no primeiro mandato do cargo conseguiram a reeleição: Fernando Henrique Cardoso (1998), Luiz Inácio Lula da Silva (2006) e Dilma Rousseff (2014).

Em 2018, o então presidente Michel Temer (MDB) não se candidatou à reeleição.

Bolsonaro votou na cidade do Rio de Janeiro, na Vila Militar, por volta das 8h02 deste domingo. Ele foi um dos primeiros a votar na seção dele. Após o voto, ele cumprimentou apoiadores, mas não falou com a imprensa.

Depois, Bolsonaro foi ao Aeroporto do Galeão, onde recepcionou o time do Flamengo, campeão da Taça Libertadores em jogo contra o Atlético Mineiro, em Guayaquil, no Equador.

À tarde, Bolsonaro foi para Brasília para acompanhar o resultado da eleição. Ele ainda não se pronunciou sobre a derrota nas urnas.,

Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi eleito presidente do Brasil neste domingo (30) ao vencer o segundo turno das eleições com mais de 50% dos votos válidos. Lula volta a governar o Brasil a partir de 1º de janeiro de 2023 após 12 anos. Eleito em 2002, reeleito em 2006, o petista d...

Continue lendo »

 
Comente Sem Comentários
 
Enviado por Jair Onofre - 31.10.2022 08:28h
Ministério Público Estadual

Juazeiro: Nova sede de casa de acolhimento a crianças e adolescentes é inaugurada

 

A nova sede da Casa Messe de Amor, responsável pelo acolhimento humanizado de crianças e adolescentes, foi inaugurada no município de Juazeiro. A obra municipal incluiu pintura, instalação de portas e caixa d’água, revisão do telhado e da rede elétrica, construção de playground e reforma do piso, além da aquisição de mobiliário. A nova estrutura da casa tem a capacidade de atender até 20 crianças.

O Ministério Público estadual, por meio da promotora de Justiça Renata Mamede, participou da solenidade de inauguração, que contou com a presença da prefeita Suzana Ramos, de autoridades, vereadores e representantes da rede de proteção à infância e adolescência. O MP, com a equipe técnica do Centro de Apoio Operacional da Criança e do Adolescente (Caoca), realiza inspeções semestrais aos espaços de acolhimento e já havia observado a estrutura precária da casa, sendo instaurado procedimento administrativo para regularizar a situação em 2021. O Município, à época, foi oficiado e foram promovidas reuniões com a Secretaria de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade e o procurador do Município. Após a reforma, o próximo passo previsto é a capacitação dos colaboradores da casa de acolhimento. (MP-BA - Foto Reprodução)

 
Comente Sem Comentários
 
Enviado por Jair Onofre - 31.10.2022 08:17h
Minístro aposentado do STF

Foram derrotados o obscurantismo, o medo e o retrocesso, diz Celso de Mello

 

O fracasso de Jair Bolsonaro em sua tentativa de reeleger-se representou a derrota de mentes sombrias, do obcurantismo e do retrocesso — assim como foram derrotados o ódio, a mentira, o medo, o fundamentalismo religioso e a intolerância. A avaliação crítica é do ex-presidente do Supremo Tribunal Federal, o ministro aposentado Celso de Mello (foto ilustração), após a confirmação da vitória de Lula na corrida presidencial.

Em sua análise, Celso de Mello afirma que o resultado eleitoral representa o predomínio da luz sobre as trevas, o primado do regime democrático sobre a ordem autocrática.

Leia abaixo a manifestação na íntegra:

A VITÓRIA ELEITORAL de Lula, que teve um alto significado para o bem do Brasil, REPRESENTA O PREDOMÍNIO da luz sobre as trevas, O PRIMADO do regime democrático sobre a ordem autocrática, A HEGEMONIA do conhecimento, da cultura e do pensamento científico sobre a mais supina ignorância e o mais profundo negacionismo, O PREVALECIMENTO das virtudes republicanas sobre a indignidade de um candidato tosco, inepto e intolerante, ALÉM DE REAFIRMAR o compromisso irrenunciável com a diversidade e com políticas inclusivas de Estado, A SIGNIFICAR, como natural consequência dessa visão iluminista (e progressista), FRONTAL REJEIÇÃO a qualquer espécie de discriminação e de preconceito de classe, de etnia, de gênero, de orientação s...

Continue lendo »

 
Comente Sem Comentários
 
Enviado por Jair Onofre - 31.10.2022 08:17h
Após derrota

Damares diz que Bolsonaro deixa legado político e sai do governo de "cabeça erguida"

 

Horas após a derrota de Jair Bolsonaro neste domingo (30), a ex-ministra e senadora eleita Damares Alves afirmou que o atual presidente deixa um legado com a vitória de líderes eleitos para o Congresso e governos estaduais.

Em nota publicada nas redes, Damares diz que Bolsonaro deixará a presidência “de cabeça erguida, com a certeza do dever cumprido e amado por milhões de brasileiros”.

“Os 14 anos do PT no poder, resultaram em fome, miséria e corrupção. Nos 4 anos do governo Bolsonaro, o Brasil avançou 40 anos!” afirmou a ex-ministra. (Folhapress - Foto Reprodução)

 
Comente Sem Comentários
 
Enviado por Jair Onofre - 31.10.2022 08:07h
Candidato derrotado

ACM Neto deseja sorte a Jerônimo e diz que seu grupo fará oposição construtiva

 
Foto: João Souza/g1

O candidato ACM Neto, do União Brasil, agradeceu os mais de quatro milhões de recebidos neste domingo (30), no segundo turno das eleições ao governo da Bahia, que terminou com a vitória de Jerônimo Rodrigues, do PT, com mais de 52%.

Após o resultado apontar vitória do adversário, ACM Neto fez um discurso de pouco mais de oito minutos onde além de agradecer os votos, desejou boa sorte a Jerônimo e disse que vai fazer uma "oposição construtiva" ao governo.

"Vamos continuar com a nossa luta e desejo tudo de melhor para o governador escolhido pelos baianos hoje, de maneira democrática, livre, justa, que deve ser respeitada", disse ACM Neto.

"Nós, que, no caso, perdemos as eleições, estaremos acompanhando o governo, fiscalizando, cobrando as medidas necessárias como uma oposição construtiva, mas atenta à necessidade da Bahia mudar", afirmou o candidato do União Brasil.

Acompanhado da candidata da vice-governadora Ana Coelho e do prefeito de Salvador, Bruno Reis, ACM Neto também falou que espera que Jerônimo possa "consertar" os rumos do estado.

"A Bahia precisa de mudança. Quase metade dos eleitores baianos disseram de maneira muito categórica nas urnas que desejam mudança e eu espero que o governador eleito tenha essa compreensão, entenda esse recado, assimile o que as urnas apresentaram no dia de hoje". ...

Continue lendo »

 
Comente Sem Comentários
 
Enviado por Jair Onofre - 31.10.2022 07:55h
Tribunal Superior Eleitoral

Alexandre de Moraes pede que cessem ataques às urnas eletrônicas e notícias falsas

 
Foto: Luiz Felipe Barbiéri/g1

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Alexandre de Moraes, afirmou neste domingo (30), após a divulgação dos resultados do 2º turno das eleições de 2022, que os brasileiros mostraram que confiam nas urnas eletrônicas e na justiça eleitoral.

"Urnas eletrônicas são patrimônio nacional e espero que, a partir dessa eleição, finalmente cessem as agressões ao sistema eleitoral, cessem os discursos fantasiosos, as notícias fraudulentas, as notícias criminosas contra as urnas eletrônicas, porque quem novamente atestou a credibilidade das urnas eletrônicas foi o povo brasileiro", disse Moraes.

O ministro fez elogios ao sistema eleitoral, mencionando a segurança, a eficiência e a competência do TSE ao longo do pleito.

"Não existe país no mundo [...] com 156 milhões de eleitores, com mais de 124 milhões de leitores comparecendo para votar, nenhum país do mundo que, aproximadamente 3h40 depois do término das eleições, proclamam o resultado com absoluta segurança, eficiência e competência." O magistrado também destacou que o pleito foi encerrado "com o maior número de votos em candidatos da história brasileira".

"Encerramos esse impotantíssimo momento, as eleiçoes de 2022, com o maior número de votos em candidatos da história brasileira. Percentualmente e em termos absolutos", dis...

Continue lendo »

 
Comente Sem Comentários
 
Enviado por Jair Onofre - 31.10.2022 07:40h
Institutos de Pesquisas

Pesquisas eleitorais: o vexame de cada instituto e o que acertou o resultado

 

Além do próprio Lula (PT), há outro grande vitorioso nas eleições presidenciais de 2022: o Instituto Paraná Pesquisas. (Foto ilustração)

Foi o único a acertar “na mosca” a vitória apertada do candidato petista, bem, ao contrário das demais empresas concorrentes, que erraram feio tanto quanto no primeiro turno.

O último levantamento nacional realizado pelo Paraná Pesquisas, antes da votação em segundo turno, foi divulgado no Diário do Poder na manhã deste sábado (29), indicando que Lula teria 50,4% dos votos válidos e a contagem dos votos totalizou 50,8%, diferença de apenas 0,4 ponto.

Já a votação de Bolsonaro, correspondente a 49,1%, esteve meio ponto abaixo dos 49,6% previstos pelo Paraná Pesquisas na véspera da votação, revelando uma margem de acerto nunca vista em eleições presidenciais.

A comparação é muito desfavorável aos demais institutos de uma espécie de “consórcio” em que um confirma os números do outro.

O vexame de cada um

O MDA, por exemplo, foi o que mais se aproximou do resultados das urnas e dos números imbatíveis do Paraná Pesquisas, ao prever 51,1% a 48,9%.

Já o Datafolha bancada uma vitória de Lula equivalente a 52% a 48...

Continue lendo »

 
Comente Sem Comentários
 
Enviado por Jair Onofre - 31.10.2022 07:30h
Retorna ao Palácio do Planalto

"Estou metade alegre e metade preocupado com a transição", diz Lula em comemoração

 

O presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT-Foto), disse estar dividido entre a alegria de chegar à Presidência pela terceira vez e a preocupação com a transição entre a gestão atual e seu futuro governo.

“Eu gostaria de estar só alegre. Mas eu estou metade alegre e metade preocupado, porque a partir de amanhã eu tenho que começar a me preocupar com como é que a gente vai governar esse país. Eu preciso saber se o presidente que nós derrotamos vai permitir que haja uma transição, para que a gente tome conhecimento das coisas”, disse.

Lula ainda falou sobre a escolha dos quadros que irão compor seu governo.

“Eu quero dizer para vocês que eu dois meses apenas, dois meses para montar o governo, para conhecer a máquina como está. E eu preciso escolher bem cada pessoa que vai participar da nova democratização do nosso país”, disse. (cnn)

 
Comente Sem Comentários
 
Enviado por Jair Onofre - 31.10.2022 06:30h
Desdobramentos das Eleições

Rivais de Lula: Moro promete oposição, Zema defende diálogo e Salles prega serenidade

 

A vitória do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para comandar novamente o Brasil a partir de janeiro repercutiu entre aliados e adversários do petista, especialmente o ex-juiz federal e agora senador eleito Sergio Moro (União Brasil), o governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), e o ex-ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles (PL). (Foto ilustração: Zema e Moro)

Adversário de Lula, o ex-ministro da Justiça Sergio Moro afirmou que "o resultado de uma eleição não pode superar o dever de responsabilidade que temos com o Brasil". Ele reforçou que estará "sempre do lado do que é certo" e garantiu que terá um papel de oposição no Congresso.

O governador reeleito de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), que subiu ao palanque de Bolsonaro no segundo turno, desejou sucesso a Lula e afirmou que continuará "cobrando que Minas seja prioridade". "Estarei aberto ao diálogo para que o Brasil possa crescer com trabalho, honestidade e respeito", declarou.

O deputado federal eleito e ex-ministro do Meio Ambiente de Bolsonaro Ricardo Salles foi outro que lamentou o resultado das urnas. "O resultado da eleição mais polarizada da história do Brasil traz muitas reflexões e a necessidade de buscar caminhos de pacificação de um País literalmente dividido ao meio", disse.

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), que declarou voto em Lula no se...

Continue lendo »

 
Comente Sem Comentários
 
Enviado por Jair Onofre - 31.10.2022 06:00h
"Resultados inquestionáveis"

Próximo presidente terá de reunificar Brasil, diz Pacheco

 

O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) terá de trabalhar para reunificar o Brasil, disse na noite deste domingo (30) o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG-Foto). Em entrevista coletiva nesta noite, ele disse que a Casa está disposta a contribuir em apreciar os projetos do atual governo nos dois próximos meses e a ajudar na transição para o próximo governo.

“[Houve] uma clara divisão da sociedade brasileira, por votações quase simétricas, muito próximas umas das outras, para um candidato e para outro candidato. O papel dos novos mandatários é seguramente o de reunificarem o Brasil, buscarem encontrar, através da União, as soluções reclamadas pela sociedade brasileira”, disse o presidente do Senado.

Segundo Pacheco, as instituições devem procurar acalmar os ânimos e conter o ódio e o futuro presidente da República deve governar para toda a sociedade. “Dando um basta ao ódio, à intolerância, ao respeito às divergências, temos um país plural e diverso. O exemplo das instituições é fundamental que sejam dados para que a sociedade brasileira possa se reunir novamente e que o presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva, possa governar para todos”, continuou.

Resultados inquestionáveis

Pacheco elogiou o processo de apuração e disse que as eleições mostraram a confia...

Continue lendo »

 
Comente Sem Comentários
 
Enviado por Jair Onofre - 31.10.2022 05:50h
"Unificação nacional"

Em primeiro discurso, Lula diz que combate à miséria é sua missão

 

No primeiro discurso após a vitória nas eleições presidenciais do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) destacou a necessidade de unificação nacional e destacou o combate à fome como seu principal compromisso. “O Brasil é a minha causa e combater a miséria é a causa pela qual vou viver até o fim da minha vida”, declarou. Ele falou em São Paulo em um hotel no Jardins ao lado de correligionários, como a ex-presidente Dilma Rousseff, o candidato derrotado para o governo paulista Fernando Haddad, o seu vice Geraldo Alckmin e Simone Tebet (MDB), que ficou em terceiro lugar no primeiro turno das eleições. (Foto ilustração)

Lula foi eleito com 50,9% dos votos. O seu oponente, o atual presidente Jair Bolsonaro (PL), conquistou 49,1% da preferência do eleitor. Ele agradeceu aos votos recebidos, parabenizou todos que exerceram o direito ao voto, inclusive os que foram dados a Bolsonaro, como uma prática cidadã e um dever civilizatório.

“A partir de 1° de janeiro de 2023, vou governar para 215 milhões de brasileiras e brasileiros e não apenas para aqueles que votaram em mim. Não existem dois Brasis. Somos um único país, um único povo e uma grande nação”, declarou.

Lula disse estar disposto a pacificar o país. “Tenho fé em Deus que com a ajuda do povo nós vamos encontrar uma saída para que esse país volte a viver democraticamente, harmonic...

Continue lendo »

 
Comente Sem Comentários
 
Enviado por Jair Onofre - 31.10.2022 05:40h
Eleições 2022

Eleitores de Lula comemoram nas ruas de todo o país

 

Assim que a vitória do candidato Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se confirmou, milhares de pessoas tomaram as ruas das principais cidades do país. Nas esquinas e nas praças, agitando bandeiras e gritando o nome do candidato vencedor, os eleitores comemoraram a eleição presidencial mais disputada da história do Brasil. (Foto ilustração)

No Rio de Janeiro, a alegria dos apoiadores de Lula era vista por toda a cidade. Na Cinelândia, tradicional ponto de manifestações políticas da cidade, e onde Lula realizou um dos seus maiores comícios durante a campanha, milhares de pessoas se reuniram desde o final da tarde, para acompanhar a apuração, transmitida em um telão e por meio de caminhões de som.

A ansiedade e a tensão visíveis no rosto de todos, durante o tempo em que Bolsonaro permaneceu à frente, só se dissiparam, com muito choro e gritos, quando a vitória de Lula foi confirmada. (Por Vladimir Platonow)

 
Comente Sem Comentários
 
Enviado por Jair Onofre - 31.10.2022 05:30h
Justiça Eleitoral

Presidente do TSE diz que abstenção diminuiu no segundo turno

 

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Alexandre de Moraes (foto ilustração), afirmou ontem’ (30) que a Justiça Eleitoral registrou índice de abstenção menor no segundo turno em relação ao primeiro turno, realizado no início deste mês.

Segundo o ministro, a abstenção no primeiro turno foi de 20,95% em relação ao total de eleitores aptos a votar. Após a votação realizada neste domingo, a Justiça Eleitoral registrou que 20,56% dos eleitores não foram votar.

Conforme os dados apurados pelo TSE, de forma inédita, 75,86% dos eleitores compareceram às urnas e votaram em um dos dois candidatos à Presidência da República que disputaram o segundo turno.

“Além da menor abstenção, houve uma diminuição dos votos em branco e nulo. O maior número de votos apurados na história republicana desde a redemocratização do Brasil”, informou.

Durante a coletiva, Moraes também disse que, apesar da polarização do pleito presidencial, a eleição ocorreu de forma pacífica.

“Tanto no primeiro quanto no segundo turno, nós tivemos uma eleição pacífica, tranquila, com segurança. O eleitor se dirigiu a sua seção eleitoral, votou tranquilamente e retornou para sua casa sem maiores problemas”, disse.

Continue lendo »

 
Comente Sem Comentários
 
Enviado por Jair Onofre - 31.10.2022 05:25h
Presidente eleito

Partidos parabenizam vitória de Lula e citam democracia

 

Diversos partidos emitiram notas com cumprimentos à vitória do candidato Luiz Inácio Lula da Silva no segundo turno das eleições presidenciais. As legendas citaram o compromisso com a democracia e sugeriram propostas para trazer de volta a paz ao país. (Foto ilustração)

“Cumprimentamos o presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva. Que ele seja capaz de pacificar o País, e avance em pautas por mais empregos e renda”, destacou o MDB em nota assinada pelo presidente do partido, deputado Baleia Rossi (SP). O texto também parabenizou a vitória do governador reeleito de Alagoas, Paulo Dantas, e dos vice-governadores do partido Gabriel Souza (RS) e Geraldo Júnior (BA).

Legenda do candidato à Presidência Ciro Gomes, que ficou em quarto lugar no primeiro turno, o PDT disse que a vitória trará esperança de futuro para as crianças e os jovens. “Hoje a democracia venceu! Podemos acreditar em futuro melhor para as crianças e jovens do nosso Brasil! Viva a democracia!”, postou a conta do partido na rede social Twitter.

Em nota, o PSOL avaliou que Lula teve votação respeitável e que a vitória representa uma derrota para a extrema-direita e para o orçamento secreto. “Mais de 60 milhões de votos pela democracia!!! Tem que respeitar! Que o fascismo se prepare, porque a democracia venceu!!!!”, postou o partido nas redes sociais. "A democracia venceu: Lula presidente!”.

Continue lendo »

 
Comente Sem Comentários
 
Enviado por Jair Onofre - 31.10.2022 05:20h
Reconhecimento internaciona

Líderes internacionais cumprimentam Lula pela vitória à Presidência

 

Líderes de vários países e políticos brasileiros parabenizaram o presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (foto ilustração) pela vitória no segundo turno das eleições, neste domingo (30).

O ex-presidente da República, Fernando Henrique Cardoso, parabenizou o presidente recém eleito. Pelas redes sociais, FHC disse que "venceu a democracia, venceu o Brasil!"

Candidato à Presidência no primeiro turno pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT), Ciro Gomes cumprimentou Lula pelas redes sociais. “Desejo ao presidente eleito toda a felicidade na honrosa missão a si concedida pela maioria de nosso povo brasileiro”, disse.

Apoio internacional

Diversos líderes internacionais já manifestaram apoio ao presidente eleito. O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, cumprimentou a vitória de Lula por meio de nota.

"Envio meus cumprimento a Luiz Inácio Lula da Silva em sua eleição para ser o próximo presidente do Brasil por meio de eleições livres, justas e confiáveis. Espero que trabalhemos juntos para continuarmos a cooperação entre os dois países nos meses e anos a seguir".

O presidente da França, Emmanuel Macron, afirmou que ambos enfrentarão unidos "muitos desafios comuns".

O presidente do Chile, Ga...

Continue lendo »

 
Comente Sem Comentários
 
Enviado por Jair Onofre - 31.10.2022 05:15h

Presidente da Câmara diz que vitória de Lula não deve ser contestada

 

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL-Foto), afirmou na noite deste domingo (30) que a decisão dos brasileiros de eleger o candidato Luiz Inácio Lula da Silva (PT) como o próximo presidente da República “jamais deverá ser contestada”.

"A maioria registrada nas urnas jamais deverá ser contestada e seguiremos em frente na construção de um país soberano, justo e com menos desigualdades", afirmou.

"Ao presidente eleito, a Câmara dos Deputados lhe dá os parabéns e reafirma o compromisso com o Brasil, sempre com muito debate, diálogo e transparência. É preciso ouvir a voz de todos, mesmo divergentes, e trabalhar para atender as aspirações mais amplas”.

Segundo o congressista, o "Brasil deu mais uma demonstração da vitalidade da força de suas instituições".

O parlamentar afirmou que o momento é de pacificar o país e construir novos pontos para melhorar a vida dos brasileiros.

"É hora de desarmar os espíritos, estender a mão aos adversários, debater, construir pontos, propostas e práticas que tragam mais desenvolvimento, empregos, saúde, educação e marcos regulatórios eficientes. Tudo que for feito daqui para frente tem que ter um único princípio: pacificar o país e dar melhor qualidade de vida ao povo brasileiro&...

Continue lendo »

 
Comente Sem Comentários
 
Enviado por Jair Onofre - 31.10.2022 05:10h
Eleições suplementares

Oito municípios elegeram prefeitos neste domingo

 

Eleitores de oito municípios brasileiros também elegeram, neste domingo (30), prefeitos e vice-prefeitos em eleições suplementares. O pleito ocorreu simultaneamente com as eleições nacionais porque os eleitos nas eleições municipais de 2020 tiveram os mandatos cassados pela Justiça Eleitoral. (Foto ilustração)

As eleições suplementares ocorreram em Cachoeirinha (RS), Cerro Grande (RS), Entre Rios do Sul (RS), Joaquim Nabuco (PE), Pesqueira (PE), Pinhalzinho (SP), Canoinhas (SC) e Vilhena (RO). Os eleitos vão exercer mandato-tampão de 2 anos.

Resultados

Em Canoinhas (SC), venceu Juliana Maciel (PSDB), com 38,37% dos votos válidos. Em Joaquim Nabuco (PE), o prefeito eleito é Charles Batista, do Solidariedade, com 53,83% dos votos válidos.

Em Vilhena (RO), o eleito foi Delegado Flori (Podemos), com 63,14% dos votos válidos. Em Pesqueira (PE), o novo prefeito é Bal de Mimoso (Republicanos), que obteve 65,15% dos votos válidos.

No Rio Grande do Sul, o novo prefeito do município de Cerro Grande, eleito neste domingo (30), é Álvaro (PP), com 57,53% dos votos válidos. Outro município no mesmo estado que também elegeu seu prefeito é Entre Rios do Sul. Milani (PT), único a disputar o cargo, obteve 100% dos votos válidos. Já em Cachoeira, outro município gaúcho, o prefeito eleito é Cristian (MDB), qu...

Continue lendo »

 
Comente Sem Comentários
 
Enviado por Jair Onofre - 31.10.2022 05:05h
Coronavírus no Brasil

Brasil tem 12 novas mortes por Covid; média de mortes está em alta pelo quinto dia

 

O Brasil registrou neste domingo (30) 12 novas mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando 688.155 desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes nos últimos 7 dias é de 68, com variação de 30% em relação aos últimos 7 dias, fazendo com que a média móvel esteja subindo pelo quinto dia seguido. (Foto ilustração)

Brasil, 30 de outubro

Total de mortes: 688.155

Registro de mortes em 24 horas: 12

Média de mortes nos últimos 7 dias: 68 (variação em 14 dias: +30%)

Total de casos conhecidos confirmados: 34.866.663

Registro de casos conhecidos confirmados em 24 horas: 1.445

Média de novos casos nos últimos 7 dias: 5.130 (variação em 14 dias: +20%)

No total, o país registrou 1.445 novos diagnósticos de Covid-19 em 24 horas, completando 34.866.663 casos conhecidos desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de casos nos últimos 7 dias foi de 5.130, com variação de 20% em relação à semana anterior.

Em seu pior momento, a média móvel superou a marca de 188 mil casos conhecidos diários, no dia 31 de janeiro deste ano.

Subindo (2 estados): PR, MS

Continue lendo »

 
Comente Sem Comentários
 
Enviado por Jair Onofre - 31.10.2022 05:00h
Eleições 2022

Prefeitura diz que jamais cometeu irregularidade no quesito assédio eleitoral

 

Apesar de não ter sido intimado oficialmente, o Governo Municipal tomou conhecimento às 13h deste domingo, 30 de outubro, através de noticiários da imprensa local, acerca da decisão da Justiça do Trabalho. Demonstrando a completa boa fé da municipalidade, estamos divulgando nas redes sociais oficiais e no site da Prefeitura a referida decisão. (Foto ilustração: Prefeitura Municipal de Feira de Santana)

O município reitera que jamais cometeu qualquer assédio eleitoral e jamais obrigou qualquer servidor ou prestador de serviço a fiscalizar, trabalhar, votar, ou praticar atos de campanha seja pra qual candidato for. (Secom)

 
Comente Sem Comentários
 
 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Pazzi Povo FM
 
Jair Onofre - Alvorada Sertaneja
 
Tinga - material eletrico
 
 
TWITTER
 
LUCY REGE
 
 

2022

2021

2020

 
 
    Bahia na Política © Todos os direitos reservados.
www.bahianapolitica.com.br E-mail: contato@bahianapolitica.com.br
RSS
by M9 Design e Tacitus Tecnologia