Bahia na Política por Jair Onofre
 

 
 
 

Você acredita que teremos segundo turno para presidente no Brasil?



Parcial
 
 

Entrevista: Empresário Flávio Rocha
“O Estado gasta com privilégios e falta o essencial”

Empresário bem sucedido, dono da rede de lojas Riachuelo, uma das maiores do Brasil, o pré-candidato à presidência da República Flávio Rocha (PRB) esteve em Feira de Santana. Em um encontro conturbado com empresários, já que sua palestra não passou de 15 minutos, falou sobre direita e esquerda e “nós contra eles”. Antes da palestra, em entrevista coletiva à imprensa, disse que o momento é de parceria dos que produzem, geram riquezas e empregos e que pagam a conta desta gigantesca farra estatal. Ele entende que próxima eleição, que é a mais importante da história do Brasil, pelo menos no período pós-democratização, é um conflito avesso a todos esses conflitos artificiais que foram gerados e que uma pequena elite da aristocracia burocrática puxa a carruagem que está em cima. Ou seja, “os conflitos do que produzem e os que parasitam na máquina estatal”.

Leia Mais

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
Enviado por Jair Onofre - 22.09.2022 15:16h
Ministério Público Estadual

Sapeaçu: MP recomenda ao Legislativo controle efetivo dos gastos com combustível

 
Foto Reprodução

O Ministério Público estadual recomendou ao presidente da Câmara de Vereadores de Sapeaçu que realize o controle efetivo do abastecimento de combustível dos veículos oficiais. Segundo o promotor de Justiça Rafael Macedo, a medida visa sanar a falta de transparência sobre o controle do uso dos veículos e do consumo de combustíveis pela frota da Câmara Municipal. Procedimento em trâmite na Promotoria de Justiça apura possível uso irregular dos veículos oficiais da Câmara bem como o gasto excessivo com combustível.

Na recomendação, o promotor de Justiça registra que informações colhidas no curso do inquérito civil apontam a inexistência de controle de percurso, utilização do veículo (data/hora/local) e de controle do consumo de combustível. Além disso, não há diário veicular com identificação dos condutores dos veículos. A situação, explica Rafael Macedo, “comprova a fragilidade do controle de utilização de veículos oficiais adotado pela Câmara Municipal de Sapeaçu, o que pode ensejar eventual responsabilidade do presidente da Câmara e vereadores, por possível conduta negligente na fiscalização do uso de bens públicos”.

O promotor de Justiça recomendou o controle do consumo de combustível em diário de bordo dos veículos ou equivalente, com transcrição em planilha eletrônica para divulgação pública e que todos os abastecimentos realizados nos veículos que compõem a frota sejam acompanhados de autorização formal e escrita, expedido pelo responsável, a qual deverá acompanhar as notas e cupons fiscais, por ocasião da liquidação da despesa. Também orientou que os veículos não sejam utilizados fora das atividades inerentes aos trabalhos da Câmara Municipal ou atividade funcional dos vereadores, sob pena de configurar o abuso do poder político e econômico, além do desvio de finalidade, e que as planilhas geradas a partir dos dados de controle solicitados sejam publicados no site da Câmara. Ao posto de combustível que tem contrato com a Câmara, recomendou que realize o abastecimento somente mediante autorização formal e escrita, e que, após cada abastecimento, gere imediatamente a nota fiscal ou cupom fiscal com as informações atinentes ao número da placa e do hodômetro do veículo e identidade do motorista. (MP-BA - Foto Reprodução)

 
Comente Sem Comentários
 
 

Comentários:

 
Sem comentário para essa postagem!
 

Comente:

 

Nome:

Comentário:

 
 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Pazzi Povo FM
 
Jair Onofre - Alvorada Sertaneja
 
Tinga - material eletrico
 
 
TWITTER
 
LUCY REGE
 
 

2022

2021

2020

 
 
    Bahia na Política © Todos os direitos reservados.
www.bahianapolitica.com.br E-mail: contato@bahianapolitica.com.br
RSS
by M9 Design e Tacitus Tecnologia