Bahia na Política por Jair Onofre
 

 
 
 

Você confia no sistema eleitoral do Brasil?



Parcial
 
 

Entrevista: Empresário Flávio Rocha
“O Estado gasta com privilégios e falta o essencial”

Empresário bem sucedido, dono da rede de lojas Riachuelo, uma das maiores do Brasil, o pré-candidato à presidência da República Flávio Rocha (PRB) esteve em Feira de Santana. Em um encontro conturbado com empresários, já que sua palestra não passou de 15 minutos, falou sobre direita e esquerda e “nós contra eles”. Antes da palestra, em entrevista coletiva à imprensa, disse que o momento é de parceria dos que produzem, geram riquezas e empregos e que pagam a conta desta gigantesca farra estatal. Ele entende que próxima eleição, que é a mais importante da história do Brasil, pelo menos no período pós-democratização, é um conflito avesso a todos esses conflitos artificiais que foram gerados e que uma pequena elite da aristocracia burocrática puxa a carruagem que está em cima. Ou seja, “os conflitos do que produzem e os que parasitam na máquina estatal”.

Leia Mais

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
Enviado por Jair Onofre - 26.09.2022 13:00h
Viagens internacionais

Gasto de brasileiros no exterior triplica e retoma nível pré-pandemia

 

Segundo dados divulgados nesta segunda-feira (26) pelo BC (Banco Central), a flexibilização das medidas restritivas com o arrefecimento da pandemia impulsionou os gastos dos brasileiros no exterior, que triplicaram (+193,5%) no acumulado entre janeiro e julho, na comparação com o mesmo período o ano passado, e totalizam R$ 37,5 bilhões (US$ 7 bilhões), (Foto ilustração)

O resultado corresponde ao maior volume de gastos com viagens para o período desde 2019, quando os brasileiros desembolsaram mais de R$ 57 bilhões (US$ 10,7 bilhões) fora do território nacional.

No mesmo período do ano passado, o volume de gastos fora do Brasil foi de R$ 12,8 bilhões (US$ 2,4 bilhões), valor 193,5% menor em relação aos gastos deste ano. Vale ressaltar que a crise sanitária restringiu a entrada de brasileiros em diversos países.

Na comparação só com o mês de julho, os gastos dos brasileiros no exterior recuaram 12,3%, ante junho, ao passar de R$ 6,4 bilhões (US$ 1,2 bilhão) para R$ 5,6 bilhões (US$ 1,05 bilhão). No mesmo mês do ano passado, o desembolso totalizou R$ 2,4 bilhões (US$ 452 milhões).

De acordo com as estatísticas do setor externo, a saída de recursos brasileiros em viagens superou a entrada em R$ 22 bilhões (US$ 4,2 bilhões) no acumulado do ano até julho. No período, as receitas somaram R$ 14,8 bilhões (US$ 2,8 bilhões).

No mesmo intervalo de sete meses do ano passado, a perda de recursos foi 376% menor, de R$ 4,8 bilhões (US$ 893 milhões). O resultado é fruto do ingresso de R$ 8 bilhões (US$ 1,5 bilhão) e da saída de R$ 12,8 bilhões (US$ 2,4 bilhões). (r7)

 
Comente Sem Comentários
 
 

Comentários:

 
Sem comentário para essa postagem!
 

Comente:

 

Nome:

Comentário:

 
 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Pazzi Povo FM
 
Jair Onofre - Alvorada Sertaneja
 
Tinga - material eletrico
 
 
TWITTER
 
LUCY REGE
 
 

2022

2021

2020

 
 
    Bahia na Política © Todos os direitos reservados.
www.bahianapolitica.com.br E-mail: contato@bahianapolitica.com.br
RSS
by M9 Design e Tacitus Tecnologia